terça-feira, junho 07, 2011

Vem

Tromba comigo sem querer, me encontra por aí. Que seja tudo ao acaso, que nada mais tenha propósito. Me faz perder o ar e me deixa sem palavras, puxa dessa alma envelhecida tudo o que está em sépia e põe brilho nas minhas ideias.
Esquece o porquê de o seu coração bater, esquece tudo o que você prometeu sabendo que não ia cumprir, esquece ela e esquece lá: volta pra mim. Quero ser feliz de novo.